18.3.14

[Poesiando] Vem amar, menino

18.3.14

Abre teus braços menino, 
Pois preciso de um lugar para repousar
E que lugar melhor seria
Se não os braços de quem você está à amar 

Pergunto-me noite e dia onde e quando vens me buscar
Para um passeio a luz da lua darmos
De mãos dadas a caminhar 

Vem depressa pois tenho urgência
Do teu sorriso, cheiro e afago. 
Corre para me encontrar

Meus olhos estacionados estão na janela
Na espera de te ver chegar 
Para as aventuras que existem nesse tal de amar.

5 comentários:

  1. Que lindo!!!!
    =) Me fez lembrar um poema de Vinícius!

    "abre teus braços meu irmão deixa cair..."

    Depois confira! =)
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  2. Amei! Acho tão bonito quando as pessoas se arriscam a postar seus sentimentos em forma de texto, poemas e contos pro mundo. Escrevo muitos textos, ''livros'' começados, crônicas, mas poema mesmo só escrevi um, muito simples e delicado, mas poucas pessoas viram. Parabéns pelo seu!
    http://bivitelinas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Adorei, é muito original...
    bjs
    http://ateliedoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Que espaço lindo! Me emocionei um pouquinho, me lembrou do meu amor que está tão longe de mim. Belo poema, admiro o modo como você escreve.
    Beijos, escrevoporvicio.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Adorei o seu blog Ana. O bom é que além de crônicas, você também escreve contos e poesias. E escreve bem, não fosse algumas pequeninas falhas em nossa gramática. Mesmo assim, parabéns. Estou seguindo.
    verdadesdeumser.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada pela visita e volte sempre <3

Bela Psicose - 2016

Design e Desenvolvimento por Moonly Design / ©