25.10.14

[Resenha] A Escola do Bem & do Mal - Soman Chainani

25.10.14

      Olá pessoas! Vim aqui hoje trazer a resenha do livro A Escola do Bem & do Mal do autor Soman Chainani. Eu o recebi em parceria com a Gutenberg <3 Primeiro, vou esclarecer que isso é uma  trilogia. Quando eu pedi achei que era livro único e quase morri no final, ai eu me toquei. rsrs. Vou parar de enrolar e fazer essa resenha.  

   No povoado de Gavaldon, a cada quatro anos, dois adolescentes somem misteriosamente há mais de dois séculos. Os pais trancam e protegem seus filhos, apavorados com o possível sequestro, que acontece segundo uma antiga lenda: os jovens desaparecidos são levados para a Escola do Bem e do Mal, onde estudam para se tornar os heróis e os vilões das histórias.
    Sophie torce para ser uma das escolhidas e admitida na Escola do Bem. Com seu vestido cor-de-rosa e sapatos de cristal, ela sonha em se tornar uma princesa. Sua melhor amiga, Agatha, porém, não se conforma como uma cidade inteira pode acreditar em tanta baboseira. Ela é o oposto da amiga, que, mesmo assim, é a única que a entende. O destino, no entanto, prega uma peça nas duas, que iniciam uma aventura que dará pistas sobre quem elas realmente são.
     Este best-seller é o primeiro livro de uma trilogia que mostra uma jornada épica em um mundo novo e deslumbrante, no qual a única saída para fugir das lendas sobre contos de fadas e histórias encantadas é viver intensamente uma delas.    
     
       Achei muito curioso o fato de que o autor é homem, são poucos homens que fazem romances e eu achei isso interessante, resolvi arriscar. O livro conta a história de Sophie e Agatha, as duas são amigas. Sophie é o tipo princesinha (mas sem a parte do bom coração, diga-se de passagem) e Agatha é o tipo bruxa (sem a parte de ser má). Em Gavaldon, onde vivem, a cada 4 anos dois adolescentes (entre 12 e 16) são levados para além da Floresta, e assim elas acabam sumindo. Só que na verdade, elas são enviadas para as Escolas: Bem & Mal que é divida pela Ponte do Meio Caminho. Ninguém pode atravessar essa ponte sem autorização do diretor ou professoras, e se forem pegos sem autorização lá, os pássaros que fazem a segurança os matam. 


         Sophie sonha com o dia em que será raptada pra ir pra Escola do Bem, Agatha acha a ideia ridícula, sonhadora demais, ela prefere a casa dela no cemitério com a mãe e a gata de estimação; mas até mesmo a mãe de Agatha deseja que a filha seja raptada. Até que um dia isso acontece. A grande surpresa são os cursos escolhidos pra cada uma. E Agatha descobre que a história que rondava o povoado era verdade. Sophie fica indignada pois tudo o que ela quer é seu príncipe, Tedros. E chega ao nível de obsessão. (Nossa, que nojo dela)


A narração é em terceira pessoa. O desenvolvimento é bem rápido, mas também descritivo. A criação das personagens principais foi ótima. Você consegue imaginar perfeitamente como elas são. Fora as outras personagens que são bem estruturados. Eu particularmente adorei os clímax que o autor colocou dentro desse primeiro livro, e o final deixou um gosto de quero mais. Amei de paixão a Agatha. Sério. E o livro tem ilustrações no inicio de cada capítulo. <3 Amor puro! 


E é isso gente, eu não quero acabar dando spoiler pra vocês! Não gosto dessa raça. 

"Somente quando destruírem o que acham que são é que poderão abraçar quem verdadeiramente são."




3 comentários:

  1. GABRIELA, acabei de ver seu post lá no CDB e estou apaixonada por esse livro, quero MUITO ler mesmo.

    E adorei o seu blog.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Legal! O livro é bem bonito. Gosto quando as editoras se preocupam com a estética. Em tempos de pirataria digital, o que resta é caprichar, pois desejamos além de ter boas histórias, ver algo belo na estante. Adorei o blog.
    Alexandre do blog Do Que Eu Leio
    @doqueeuleio

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada pela visita e volte sempre <3

Bela Psicose - 2016

Design e Desenvolvimento por Moonly Design / ©