21.11.14

[Poesiar] Sem título

21.11.14

Amor,
não venha me comparar
a outro que lhe causou dor.
Por favor, divida as coisas
sem tanto receio e rancor.
Não trave sua vida
por tal gente sem
cor.

Procure em si
as respostas que achas 
que só em outros
encontrarás.
Se surpreenda a ver que
em você, muito brilho há.

Não queira o que é
dos outros.
Você nem sabe se quer 
tudo o que existe no pacote
da vida desse tal.
Busque o que nasceu pra ser
seu.

Assim, sem dor e acabou.

8 comentários:

  1. Adorei,voce escreve bem :) lindo!
    muito sucesso
    bjo http://aspoesiasdananda.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Uau .. ADOREI!!

    Adorei o seu blog e já estou a seguir :)

    beijos,
    Daniela
    http://ddocesonhadora.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  3. Nossa, estou apaixonada!!!
    Acho que as palavras + estrutura fizeram um trabalho incrível!
    Continue assim... você tem talento!

    Beijos,
    Mar.
    ocantinholiterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Que poesia linda e a estrutura impressionante!
    Parabéns pelo blog todo! hehe.

    www.darksky.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oie.
    Linda a poesia <3
    Amor próprio, sem inveja. Tudo !

    Bjoos

    ResponderExcluir
  6. Adorei,e adorei ainda mais o final. Não procure em outros, procure em você :)

    ResponderExcluir
  7. Você realmente escreve muito bem. <3 www.sentimentopoeticos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Gente, ADOREI *-* Adorei o conteúdo, o significado e, especialmente, a forma do poema! Sério, meus parabéns!

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada pela visita e volte sempre <3

Bela Psicose - 2016

Design e Desenvolvimento por Moonly Design / ©