5.11.15

LCA | V de Vingança

5.11.15




"Lembrai, lembrai do cinco de novembro 
A pólvora, a traição, o ardil
Por isso não vejo como esquecer
Uma traição de pólvora tão vil."

Olá você!  Hoje é dia 5 de Novembro caso vocês não tenham notado, mas o importante é o significado desse dia. Na história da Inglaterra temos a "Conspiração da Pólvora" onde um grupo queria assassinar o Rei Jaime VI. O plano era explodir a câmera dos Lordes - que fica no Palácio de Westiminster - durante a abertura do Parlamento de Londres no dia 5 de Novembro de 1605. Um dos conspiradores era Guy Fawkes. Acontece que a coisa não deu muito certo, mas com isso veio um dos meus filmes favoritos na vida. V de Vingança! 

V for Vendetta - título original do filme - nos mostra uma distopia em um futuro não-tão distante - 2020, onde temos dois personagens principais, Evey - trabalhadora que não sabe se seu herói é realmente herói - e V que é defensor da liberdade numa sociedade um tanto opressora e como já é de se imaginar, ele quer se vingar de pessoas desse sistema anarquista. O filme foi lançado em 2006 e é baseado na série em quadrinhos de mesmo nome. 

"O medo se tornou a arma principal desse governo."
O filme faz diversas criticas ao governo de políticos extremistas à uma população apática que se acostumou com a situação onde está. É isso que V quer. Uma revolução, Uma ideia que precisa ser reavivada para que haja mudanças nessa sociedade.

"O povo não deve temer o seu Governo. O Governo deve temer o seu povo."


A máscara que V usa é nitidamente uma referência a Guy Fawkes que também é usada pra esconder cicatrizes e queimaduras de um passado trágico. O personagem de V é um tanto manipulador em relação as pessoas - principalmente Evey - para alcançar sua vingança que se baseia em levar adiante o plano que não deu certo em 1605. 

Alguns nomes de personagens do filme são nomes de conspiradores da história real. Também temos referências do filme O Conde de Monte Cristo, O Fanstama da Ópera. Enfim, todo o sistema totalitário - pelo menos no meu caso - me lembrou Hitler, inclusive fisicamente, o Chanceler.

"Por trás dessa máscara tem uma ideia, Mr. Creedy e ideias são à prova de balas."

Cheio de frases de efeito, uma fotografia excelente e um enredo que envolvia (e envolve) críticas tão importantes para sua época, V de Vingança conseguiu me conquistar e me atrair para ver inúmeras vezes. E é por isso que resolvi fazer esse post no dia 5 de Novembro pra mostrar que às vezes tudo o que precisamos é de uma ideia que aperfeiçoaremos e quem sabe pode virar algo muito importante? E eu não falo aqui apenas de revoluções políticas, falo de pequenas ideias que podem mudar o rumo das nossas vidas e das pessoas ao nosso redor. Não precisa ser um plano de vingança, como o de V, pode ser apenas um ideal "simples" que você deseja alcançar. Esse é o objetivo, transformar sua ideia em realidade. (Mas por favor, sem explodir as coisas ok?)

ASSISTAM ESSE FILME, deixo o trailer e uma cena do filme para incentivar.

✖  



Trailer


✖  

✖  

ATT 

Hey folks! Depois de ver - de novo - o filme, comecei a ter meus devaneios diários. Nós vemos muitos tipos de "revoluções" hoje em dia e até mesmo no passado que nos trouxeram e trazem pequenas mudanças no mundo. No filme, temos uma situação extrema de desejo de vingança por parte do personagem principal por coisas que aconteceram a ele, mas também percebemos que ele mesmo nota que a escolha não é só dele. Como o próprio V cita "Os artistas usam as mentiras para revelar a verdade." O filme tem a dramatização, o romance, mas deixa aquela pulga atrás da orelha de o que você pode fazer pra mudar a situação em que seu país está? Na Inglaterra dessa distopia chegou num ponto em que a única forma de se conseguir mudança é por meio da violência contra o Governo, uma revolução sangrenta. E eu espero do fundo do meu coração que principalmente aqui no Brasil não seja necessário chegar a esse limite. Nós podemos sim conseguir mudança sem nenhum tipo de violência - como já anda acontecendo. Precisamos de um país com cidadãos pensantes, sábios em suas escolhas, coerentes com aquilo que tanto gritam que querem. Nós podemos ser a revolução. E não é preciso armas, planos mirabolantes, grandes confusões que não chegam em lugar nenhum. Nós podemos ser a revolução por meio da ideia, por meio de palavras e boas escolhas. Escolhas que não são apenas feitas pra se vingar, mas para verdadeiramente gerar mudança. Seja a Revolução que o lugar onde você está realmente precisa. Não se esqueça dos seus princípios, sua educação. Seja a Revolução sábia.

6 comentários:

  1. Assisti esse filme umas 3 vezes e assistiria mais quantas vezes fosse necessária. Considero ele um dos melhores filmes que já assisti, tanto por conta dos atores que interpretaram super bem quanto pela história em si, as criticas feitas e pelo final surpreendente. ♥ Beijos

    ResponderExcluir
  2. Esse filme é incrível, eu assisto toda vez que vejo passando na televisão, não consigo me conter. Nunca consegui pegar o começo, mas o contexto e a história em si é incrível e muito bem contada. É um dos melhores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem umas vezes que a tv a cabo dá a louca e exibe bastante mesmo haha

      Excluir
  3. Já assisti esse filme duas vezes e o roteiro é super incrível, acho até que vou ver de novo hehe!! Adorei o post ;)
    Tô apaixonada pelo teu blog, achei maravilhoso.. Já tô seguindo ;)
    P.S: Você é uma linda! Beijoo ♥

    www.missjesie.blogspot.com

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada pela visita e volte sempre <3

Bela Psicose - 2016

Design e Desenvolvimento por Moonly Design / ©