27.1.16

Meu eu poético | Amor as avessas

27.1.16

'Se você me pedir pra ficar, eu posso até pensar. Bancar a difícil, fazer charme, mas por dentro, amor, eu vou implorar “me leve, por favor”. Se você quiser pego sua mão. A gente compra uma passagem de ônibus pro litoral e perseguimos o Pôr do Sol até a noite cair. Deitados na areia, olhamos o céu e as estrelas. A lua, com sua grandeza a iluminar o mar escuro, ria de nós: “Que gente mais besta!”. Gosto de sentir meus pés na areia molhada, tanto quanto gosto de sentir sua mão enroscada na minha, assim como gosto, também, de me aninhar em seu peito, ao som das ondas misturado à batida de seu coração, que acelera conforme vou subindo na ponta de meus pés para lhe dar um rápido beijo. Olha-me com surpresa e me devolve um sorriso. Fita-me por alguns segundos, desvia o olhar para o horizonte enquanto me puxa pra perto, pousa seu queixo em meus cabelos, estamos tão próximos que posso me aninhar mais em você enquanto seus braços me prendem, eu gosto disso. Porém gosto mais de fitar os seus olhos. Ah seus olhos... Passaria horas a fio encarando-os sem parar, caso algum pensamento seu fugisse, eu poderia tentar desvendar. Querido se você soubesse o quanto eu quero que você fique. Pode ficar por um dia, um mês, quem sabe pra sempre. Não quero sair de seus braços. Passe corrente e cadeado, jogue a chave no mar. A correnteza a levaria pra bem longe da gente. Preciso te confessar, gosto de brincar de amar. Principalmente com você.'

Oi gente, tudo bem? Meu nome é Gabriela Barreiro (odeio que me chamem pelo meu nome completo, só pra constar aqui hehe), tenho 18 anos, sou geminiana, completamente sem rumo na vida -por hora- e eu sou a nova colaboradora daqui do Bela Psicose. Escrevo crônicas e textos reflexivos e vou postar alguns deles aqui duas vezes no mês. Espero muito que vocês gostem, já que eu tô muito, muito, muito animada com isso.

2 comentários:

Olá! Muito obrigada pela visita e volte sempre <3

Bela Psicose - 2016

Design e Desenvolvimento por Moonly Design / ©