8.9.16

Resenha | Essa Luz Tão Brilhante

8.9.16
Recebido em parceria com a Editora Arqueiro

Essa Luz Tão Brilhante traz a história de Lucille Bennett, uma garota de 17 anos que perdeu a estabilidade familiar em meses. Primeiro, o pai dela surtou e foi declarado como mentalmente estável e agora está em uma clínica por ordem judicial. A mãe aparentemente desistiu de tudo e foi embora de “férias”. Não voltou até agora. Lucille fica então responsável pela irmã de nove anos Wren. Agora a jovem tenta esconder dos vizinhos que está sozinha cuidando da irmã. As únicas pessoas que sabem são sua melhor amiga Eden achei esse nome super masculino, me confundi horrores no início da leitura – e o irmão gêmeo dela Digby

"Como é que uma estrela que mal se nota se transforma no sol?" - p. 16


Essa Luz Tão Brilhante


O livro tem uma pegada de YA e romance. No meio de toda essa confusão, Lucille percebe que vê Digby com outros olhos. O problema é que ele tem uma namorada. Ou seja, ferrou mais ainda né. O que me irritou nessa parte da história foi que Eden – irmã gêmea e melhor amiga de ambos – fica chateada e simplesmente PARA DE FALAR COM A GAROTA. Parem um minuto e pensem o quão egoísta ela foi. Sério, bela amiga, hein?

"Algumas coisas não podem ser desditas, desfeitas." - p. 53


Enfim, a narrativa é feita na primeira pessoa pelo ponto de vista de Lucille. A personagem é bem forte com tudo o que tá acontecendo. Inclusive, da família inteira ela provavelmente é a mais madura e que não saiu correndo na primeira dificuldade. Mas ela cria segredos demais que acabam não sendo tão secretos assim. Wren é uma graça de criança que é tão forte quanto a irmã. Digby é um amor também, mas alguns aspectos me deixaram com pé atrás. 

"Tenho pensado que talvez existam coisas que simplesmente não podem ser explicadas. Que talvez, quando várias coisas ruins acontecem, coisas boas vêm logo em seguida." - p. 86


Essa Luz Tão Brilhante


O livro tem tudo pra ser uma bela história de superação. A escrita é poética, fluída e metafórica em algumas partes, o grande problema é a quantidade de perguntas deixadas em aberto. Comentei no Instagram e Twitter que estava com medo da finalização do livro ser muito corrida. Existe uma reviravolta nas últimas cinquenta páginas que deixaram tudo ainda mais corrido ainda. Muitos questionamentos ficam em aberto na história e isso me frustrou bastante. O livro é curto, e a autora deveria ter trabalhado melhor nisso. A história é sim ótima, mas não foi bem desenvolvida. Me conectei com Lucille rapidamente, mas isso se perdeu no final. 

" – As pessoas são boas. – afirma ela. – Às vezes.
– Não. – discorda Digby. –As pessoas têm boas intenções. São duas coisas completamente diferentes." - p. 62

Essa Luz Tão Brilhante

A leitura é agradável, bonita e rápida. Mas eu recomendaria você não ir com muita sede ao pote por alguns desses buracos deixados na história. Pelo o que eu vi no Goodreads existe um segundo livro – cujo título e sinopse não vou revelar pois é um grande spoiler desse – mas não sei se vão ser respondidas as perguntas de Essa Luz Tão Brilhante. Não fica claro se será uma sequência. 

"Negação é para fracassados. Encare suas merdas e siga em frente." - p. 145

16 comentários:

  1. Obrigada pela dica..
    Eu realmente estava com muita expectativa por causa da sinopse..
    mas, já vou com cautela..
    achei a capa linda <3

    ResponderExcluir
  2. Eu também confundi várias vezes a amiga dela com menino. kkk
    E que imagens são essas! Muito tops e confesso que fiquei me perguntando se teria ou não continuação, pois tem muitas coisas que não foram concluídas e que não posso falar aqui se não as pessoas vão ver Spoiler em sua postagem.

    Mas a sua resenha está ótima.
    Atenciosamente Um baixinho nos Livros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, péssima escolha de nomes feita pela autora né? kkkkkkkkk

      Excluir
  3. Gostei da resenha. Vou procurar o livro.
    Bj e fk c Deus
    Nana
    http://nanaeosamigosvirtuais.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oiii lindinha, como vai?
    Que coisa mais linda essa resenha e essas fotos realmente arrasaram e me conquistaram demais <3 além do mais as suas fotos mostraram como a edição está bela e a história bem envolvente.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    A premissa do livro é bem interessante e sua resenha me deixou bem curiosa para conferir a obra.
    Que bela melhor amiga hein! Descobre que a coitada está apaixonada pelo seu irmão gêmeo e então, ao invés de ajudar, para de falar com a menina que já tem vários problemas!! Isso com certeza me deixaria com bastante raiva durante a leitura.
    Quero muito saber o que aconteceu entre ela e Digby.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Quando vi o livo pela primeira vez, ele não me chamou atenção, mas agora sabendo um pouco mais sobre a história, fiquei curiosa. Não deve ser nada fácil para a protagonista passar por essa barra familiar e ainda por cima ter essa desavença com sua melhor amiga. Uma pena que o livro não se desenvolve bem, mas ainda assim pretendo dar uma chance a leitura mais para frente.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura || Participe do top comentarista e concorra por um livro a sua escolha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é uma coisa ruim atrás da outra, espero que a leitura funcione melhor com você ;)

      Excluir
  7. Oiii!!
    Eu não conhecia o livro. Uma pena autora não ter conseguido explorar melhor a história, isso é muito frustrante.
    Se tem uma possível continuação rs, quem sabe ela não tenha colocado um ponto final nos fios soltos? Gostei da resenha, bem sincera.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos esperar que ela feche essas perguntas porque ninguém merece :(

      Excluir
  8. Olá Ana, o livro parece ser uma leitura bem gostosinha e leve, mas é ruim quando a autora deixa tantas perguntas em aberto =/ Espero que esse segundo livro seja uma continuação para pelo menos dar um final fechadinho *-* Vou anotar a dica e quem sabe eu o leia mais pra frente.

    http://meumundo-meuestilo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi.
    Muitas resenhas afirmam que o livro realmente termina com diversas pontas soltas. É uma pena porque parece ser simplesmente muito legal. Em relação a Eden, não consigo aturar personagens com esse tipo de comportamento. É um saco! Mas vou arriscar mesmo assim e ler depois.
    Beijo, Visite o Leitora Encantada

    ResponderExcluir
  10. geralmente eu não costumo gostar de romances e YA... esse tem elementos de ambos os estilos... sem contar que essa pressa no desfecho e falha de desenvolvimento fazem com que eu prefira passar batido na obra...
    bjs...

    ResponderExcluir
  11. Mesmo com todas as suas ressalvas, é um livro que me deixou bem curiosa. Tenho quase certeza que os tais espaços abertos da história devem ser completados no segundo livro. Muitos autores tem feito isso, como uma forma de prender o leitor na história, não sei dizer se considero isso bom ou ruim, acho que depende do livro. Mas também não gosto de finais corridos. Seu texto está ótimo! bj!

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada pela visita e volte sempre <3

Bela Psicose - 2016

Design e Desenvolvimento por Moonly Design / ©