25.10.16

Resenha | Novembro, 9

25.10.16
Recebido em parceria com a Galera Record


Antes de tudo, queria dizer que li esse livro ano passado quando foi lançado no dia 9 de novembro. Sim, li ele em inglês e agora eu o reli.

Porque é Colleen Hoover.
E é November 9. 

"As pessoas dizem que não se deve julgar um livro pela capa, mas e se de algum jeito você lesse o livro sem ter visto primeiro a capa? E se você realmente gostasse do que está no livro? É claro que quando você se aproxima do livro e está prestes a ver a capa pela primeira vez, torce para que seja algo que vá achar atraente. Por que quem é que quer um livro incrível na estante se tiver que olhar pra uma capa de merda?" - p. 46

Novembro, 9 conta a história de Fallon, uma jovem de 18 anos que sofreu um acidente envolvendo um incêndio aos 16. Ela ficou com cicatrizes em boa parte do seu corpo e isso a fez perder não só sua carreira como atriz, mas também sua confiança. Ela tem uma relação conturbada com o pai por causa do incêndio. Ela meio que o culpa por toda a situação.

Também conhecemos Ben, o escritor. Um jovem escritor de 18 anos que também possuí algumas cicatrizes, mas que não são visíveis.

"As pessoas não se sentem desconfortáveis quando olham pra você por causa da suas cicatrizes, Fallon. Ficam desconfortáveis porque você faz com que as pessoas sintam que é errado olhar pra você. E acredite em mim... Você é o tipo de pessoa para quem as pessoas querem olhar." - p. 59
Ele está no dia 9 de novembro no mesmo restaurante que Fallon está com seu pai. Ele escuta a conversa que eles tem e ele entra na vida dela de uma forma inesperadamente linda.

Os dois acabam tendo uma conexão muito forte, o problema? Fallon está de mudança pra Nova York, onde pretende retomar sua carreira. E ela combinou algo com sua mãe, só se apaixonaria aos 23 anos. O por que? Você vai saber quando ler. Haha. Eles acabam entrando em um acordo. Por 5 anos, eles vão se encontrar todo 9 de novembro. Até aí, tudo certo. Um pouco estranho, mas certo. Só que eles não podem ter nenhum tipo de contato durante esse ano. Ben tem uma tarefa, escrever um romance sobre a história dos dois.
"Porque é fácil se apaixonar, Ben. A parte difícil vem quando você quer cair fora." - p. 73
Novembro, 9
Novembro, 9
Novembro, 9

"O amor deve ser entre duas pessoas, e se não for assim, prefiro dar o fora em vez de participar da disputa." - p. 225

Vocês sabem que a minha escritora favorita é a Colleen e quando eu fiquei sabendo que a Galera lançaria o livro minha reação foi ficar louca. Esse foi um lançamento que eu acompanhei ano passado, fiquei ansiosíssima por ele.

E ela me impressionou. Claro.

A narrativa é feita na primeira pessoa intercalando o ponto de vista dos personagens principais. Aqui vai bem além do romance, é uma característica da autora colocar alguma situação problemática dentro de suas histórias. Que envolvem problemas familiares, depressão, autoestima... enfim. O jeito como Fallon e Ben se encontram é muito especial. Ele a ajuda a ver em si mesma uma confiança que ela havia perdido há muito tempo. E é isso que deve acontecer em relacionamentos (qualquer tipo), quem está ao seu redor tem que te ajudar a enxergar o melhor de você. Sempre.
"Porque quando você ama uma pessoa, tem o dever de ajudá-la a ser a melhor versão de si mesma." - p. 283 (Esse quote continua, mas ele contém um spoiler </3)

Novembro, 9

A escrita dela é gostosa e muito rápida de ser lida. Colleen tem o dom de transformar um romance que tem tudo pra ser clichê numa história grande e com personagens e reviravoltas bem desenvolvidas. E COLOCA REVIRAVOLTA NISSO. Apesar do romance ser instantâneo, as condições onde ele se instala torna a história toda muito mais interessante e carivante. É fácil se identificar com Fallon e Ben. Suas paixões pelas artes <3.

Fica aí mais uma dica de livro da Colleen pra vocês lerem. Tenho certeza que não vão se arrepender.
 
"Você nunca vai se encontrar se estiver perdida em outra pessoa." - p. 50

 

15 comentários:

  1. Ana, socorro!

    Eu estou doida pra ler esse livro!
    Já o tenho aqui, mas ainda tenho 2 na frente dele e não sei como controlar a ansiedade... rsrs.

    Li sua resenha só meio por alto, porque não quero saber nada.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Olá.
    Confesso que não gostei no tema do livro, mas, a sua resenha fez com que eu fixasse um tanto curiosa com vontade de lê-lo, então anotei a dica de leitura aqui e em breve estarei com ele em mãos.
    Beijocas.

    meumundosecreto

    ResponderExcluir
  3. Gente eu ainda não li nada dela, mas... Tenho uns 6 livros dela acredita?Kkkk
    Sempre me falta ânimo, mas lendo essa resenha agora me deu vontade de pegar meu Kindle e ler esse livro de imediato. Espero gostar tanto quanto você.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. OMG, Ana!!!
    Preciso ler urgentemente ...kkkkk... amo essa escritora e estou lendo Never Never 2 em inglês também. :)
    Fiquei feliz que a parceria da CoHo com o cantor Peter Griffin continua por mais um livro... comprei todas as músicas do Talvez um Dia...hehe.
    Beijos!
    Gatita&Cia.

    ResponderExcluir
  5. Oi. Também gosto muito da escrita de Colleen, ainda não li o livro e ao contrário de você, não sei ler em inglês, mas está me minha lista.

    ResponderExcluir
  6. Meu coração fica como com esse livro? Depois de ler Talvez um Dia tudo o que eu preciso é de mais um livro dessa autora maravilhosa na minha estante.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Que fotos lindas as suas! *-*
    E caramba, mais uma vez: preciso ler este livro! Colleen arrasa sempre!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Eu amei muito muito esse livro e fiquei muito triste com todas as resenhas negativas dele que li por aí depois. Li em inglês no kindle, mas já decidi que vou comprar o livro físico em português e ler tudo de novo e me apaixonar de novo pelo Ben, porque há muito tempo que eu não tinha uma paixão literária tão grande.
    Eu acho bacana as reviravoltas que a autora cria nos livros dela, mas achei que nesse, mesmo sendo bem encaixadinha, daria perfeitamente pro livro seguir sem ela, sabe? Mas foi legal pra mexer com meus sentimentos na hora hahaha

    Beijo
    www.blogrefugio.com

    ResponderExcluir
  9. Olá,

    Esse livro é maravilhoso, sempre gostei das obras da Colleen e com essa não foi diferente. Tive impressões bem parecidas com a sua.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  10. Não tive contato com a escrita da Collen, AINDA! Por que depois de ler sua resenha, eu vou ler pra ontem! Não imaginava do que livro falava e estou bem animada para ler, e ter o meu primeiro contato com a autora! Ótima resenha e fotos maravilhosas! Parabéns! Beijão

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Eu sou fã dessa mulher. Todos os seus livros são maravilhosos! Amo todos e já li esse dai. Como todos a escrita é bem boa e eu amei!

    ResponderExcluir
  12. Oie
    ai como eu quero esse livroooooooooooo, essa capa está muito linda e sua resenha só me deixou ainda mais ansiosa pela leitura, não vejo a hora de poder comprar, espero gostar tanto quanto você

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Olá, até agora só li um livro da autora e amei <3 Pela sua resenha apesar do clichê a autora soube transformar tudo em uma bela historia <3 Dica anota, espero poder lê-lo em breve.

    http://meumundo-meuestilo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Ainda não tive oportunidade de ler este livro, mas já li boas resenhas dele, asism como a sua. O ponto forte é autora transformar o livro em algo muito maior que um simples romance. Os problemas com o jovem ultrapassam qualquer reflexão já feita e faz o leitor viajar com o que acontece.

    ResponderExcluir
  15. Oie, tudo bem? Esta é minha leitura atual, ainda estou no comecinho e portanto não criei impressões ainda, mas imagino que vou me apaixonar. Adoro a Colleen!

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada pela visita e volte sempre <3

Bela Psicose - 2016

Design e Desenvolvimento por Moonly Design / ©