5.11.16

Resenha | O Evangelho de Loki

5.11.16
Recebido em parceria com o Grupo Editorial Record

Já imaginou saber qual o ponto de vista de Loki de todas as essas histórias Nórdicas que vemos por aí?

Tá aqui sua oportunidade.

O Evangelho de Loki nos traz a visão do próprio dos acontecimentos desde o recrutamento de Odin até a hora em que tudo que se pensa é vingança.

Loki é o deus trapaceiro e isso nunca ajudou muito sua popularidade entre os deuses asgardianos. Ele sempre foi muito rejeitado, aí fica um questionamento: será que o preconceito vindo dos outros não influenciou na sua reviravolta como “vilão”? Ele acaba prometendo se vingar de toda essa falta de confiança vinda de seus companheiros. 

"Mudanças nem sempre são confortáveis, mas são um fato da vida." 




Só que durante esse planejamento, algo muito maior – poderes muito maiores – estão em conspiração contra os deuses. Ai pensa, uma conspiração no meio de deuses, só pode dar confusão né.

"Bom, essa é a história pra vocês. Infelizmente, é mentira e boa parte dela foi escrita por alguém que nem estava lá."

A narrativa é toda em primeira pessoa contada pelo próprio Loki. Ou seja, tem aquele humor ácido cheio de ironias. Não se espante ao ler, quando notar que o modo com ele conta a história é bem moderno. 


O início foi meio devagar pra mim porque é bem introdutório, mas isso passa rapidinho e quando você vê já está totalmente dentro da história. A escrita é muito divertida e te faz compreender o Loki num todo, recomendo o livro não só pra quem assiste os filmes, como para pessoas que gostam de fantasia no geral.

"Eles dizem pra você que a vingança não vale a pena. Eu diria que não há nada melhor." 









Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Muito obrigada pela visita e volte sempre <3

Bela Psicose - 2016

Design e Desenvolvimento por Moonly Design / ©