31.3.17

Resenha | Os 13 Porquês

31.3.17
Recebido de cortesia com a Editora Ática

 Você já deve ter lido um livro ou assistido a uma série ou filme e ao acabar ter pensado: “Isso foi intenso.”

Os 13 Porquês pode trazer alguns gatilhos.

Foi isso que eu pensei e senti nas duas vezes que li Os 13 Porquês. A primeira vez foi uns 7 anos atrás e tinham surgido rumores que a Selena Gomez (amo) faria a Hannah. Então, eu como boa fã, fui ler o livro. E senti a intensidade da história. Hoje, dia 30, em que recebi de surpresa um exemplar da Editora Ática (obrigada!) não pude me conter e li de novo. E as vésperas (no caso a resenha tá saindo no dia) da estreia da série na Netflix. (E a Selena só produziu mesmo). 

"Engulo com força. Lágrimas pinicam o canto dos meus olhos. Porque é a voz de Hannah. Uma voz que pensei que jamais ouviria novamente, Não posso jogá-la fora." - p. 19

Clay Jensen recebe uma caixa de sapato cheia de fitas cassetes, intrigado por seu conteúdo escuta uma voz conhecida.

A de Hannah Baker.
Mas Hannah se matou.



"Quando você faz alguém se sentir ridículo, você tem de assumir a responsabilidade pela ação de outras pessoas que tomam isso como pretexto." - p. 48

Nas fitas, Hannah explica que existem 13 razões para a sua história ter terminado assim. 13 pessoas que de alguma forma fizeram tudo chegar naquele ponto. Clay não faz ideia de porque recebeu as fitasele sempre teve uma queda por ela -, mas sabe que algum momento seu nome vai ser citado. Então, numa noite, seguindo o mapa – dado por Hannahele escuta tudo o que ela tem a dizer.

E era isso que ela precisava.

Sabe aquele boato, fofoca sobre você que não é verdade? Com toda a maldade de jovens no ensino médio, isso é o que Hannah passa por muito tempo. Sua vida é perseguida por uma história que mal contada a fez ter uma reputação suja.

E nada era verdade, mas não acreditam nela.
"Não podemos reescrever o passado." - p. 55



"Queria que as pessoas confiassem em mim, apesar de qualquer coisa que tivessem ouvido. E, mais do que isso, queria que me conhecessem. Não aquilo que pensavam saber ao meu respeito. Mas eu de verdade. Queria que deixassem para trás os boatos." - p. 117

Jay Asher me impressionou pela habilidade de colocar o leitor tão conectado a Hannah que você sente toda a dor, desespero, solidão e vazio. E como seu último ato foi uma forma de todas aquelas pessoas ouvirem dela o que elas tinham feito, mesmo que parecesse algo sem importância.

Os 13 Porquês é narrado em primeira pessoa e intercala as gravações de Hannah enquanto acompanhamos Clay, que ouve tudo. Ele precisa entender, e Hannah o dá essa oportunidade. Esse livro não é fácil, mas assim como Clay, você deseja escutar tudo o que ela tem a dizer porque criamos empatia, solidariedade por sua narrativa. A leitura acaba sendo rápida, mas a digestão é demorada. Lendo você percebe que apesar de tudo, Hannah foi forte dentro do possível e é isso que dói. Ler a história de alguém desistindo e mostrando suas razões para isso. Clay quis alcançá-la, mas ele acabou demorando.
 "Não dá para voltar atrás, para o jeito que as coisas eram. Do mesmo jeito que você pensava que elas eram. Tudo o que a gente realmente possui... é o agora." - p. 176




"Ninguém sabe quanto impacto tem na vida dos outros. Muitas vezes não temos noção. Mas forçamos a barra do mesmo jeito." - p. 135
É uma história sobre como palavras e pequenas atitudes que se repetidas trazem consequências. Para quem recebe e para quem faz. O livro tem uma moral, obviamente, mas é algo individual para cada leitor. Eu só posso dizer que mais uma vez essa história me tocou e doeu, trouxe lições.

Mais uma vez, obrigada Editora Ática pelo exemplar. Eu queria muito! <3 Agora, estou maratonando a série que já está na Netflix e semana que vem trago minha opinião sobre a adaptação.

E se você que está lendo a resenha ou o livro estiver desistindo, por favor, procure ajuda profissional. Você tem outra história para contar!



Trilha sonora do seriado
"Às vezes temos pensamentos que nem mesmo a gente entende. Pensamentos que nem são tão verdadeiros – que não são realmente como nos sentimos , mas que ficam rondando nossa cabeça porque são interessantes de pensar." - p. 150


13 comentários:

  1. ESSE LIVRO É MUITO BOM!!
    Eu li ele um pouco antes de começar os rumores da suposta adaptação com a Selena e esperei desde então. Fiquei felizona com a adaptação da Netflix, ainda não terminei de assistir mas já tô amando.

    Adorei sua resenha! <3

    Barricada de Livros

    ResponderExcluir
  2. Ola
    Eu já li esse livro, mas gostaria de reler.Estou louca para chegar em casa e começar a assisir a série, que pelo visto promete bastante. Adorei poder ler suas impressões a respeito, o que me deixou ainda mais motivada. Essa música da Selena <3
    Beijos, F

    ResponderExcluir
  3. Já tinha visto alguns comentários, só que nunca me aprofundei e depois do anúncio da adaptação, a curiosidade aumentou ainda mais. Agora tive a oportunidade de conhecer mais da história e entender sobre o que se trata. Tive uma experiência de leitura não tão intensa quanto essa, mas deu pra ter uma noção bem grande da ideia que você quis passar. Amei sua resenha e por causa dela devo coloca-lo na minha lista e leitura o mais breve possível! Bjs e até mais!

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/?m=0

    ResponderExcluir
  4. EU NECESSITO DESSE LIVRO PARA ONTEM AI MEU DEUS!!!!
    Eu surto toda vez que vejo esse livro em alguma rede social, aqui onde moro não acho de maneira alguma pra comprar, e eu quero muito ver a série que lançou hoje mas não posso kkkk

    ResponderExcluir
  5. Oi, não li o livro mas o comentário e tanto no momento que estou animada para ler e depois fazer a minha maratona da série. Sua empolgação é contagiante. Bjs

    ResponderExcluir
  6. Li este livro em 2014 e foi uma leitura que mexeu muito comigo e me despertou a consciência em diversas atitudes e palavras que falo. Porém, também tenho uma ressalva para com a Hannah e que não podemos culpar todo o mundo por causa das nossas fraquezas. Mas sem dúvida, é um livro que deveria ser leitura obrigatória em todas escolas do mundo.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Eu preciso entrar nesse hype e ler esse livro. Parece que todo mundo leu ou já viu a série e estou entrando em crise existencial já hahahaha A premissa é maravilhosa! Um beijo :*

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Eu ainda não li o livro, mas estou a dois episódios de terminar a série e já estou totalmente devastada com essa história. É muito profunda, muito intensa, me deixa sem palavras e a beira de uma crise de choro em cada episódio. Mal posso esperar para ler o livro também.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Tenho vontade de ler esse livro, principalmente agora que temos uma série dele na TV. É um livro que a maioria dos leitores aprovaram e gostaram muito, e se tem uma coisa que eu gosto, é de livros que mexe com as pessoas como esse parece ter mexido.
    Assim que puder comprarei e lerei para só depois assistir a série.
    Abs
    Nizete
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
  10. Ótimo post!Bj e fk c Deus
    Nana
    http://procurandoamigosvirtuais.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Olá, Ana

    Eu tenho e não tenho vontade de ler esse livro. Era ora ter lido antes da estreia da serie, pois agora a hype está lá no alto e eu tenho tendência a rejeitar isso. Mas sei que é a euforia da adaptação, então acredito que daqui a pouco passa.
    Eu não curto muito histórias com suicídio, então tenho meio que um pé atrás, mas minha curiosidade é maior.
    E gostei da mensagem ao final da resenha!!

    Beijo

    ResponderExcluir
  12. Oi,

    Agora que eu vi a série, me deu muita vontade de ler o livro. Com certeza vou adquiri-lo, ainda mais depois da sua resenha. É claramente um livro bem sensível. Fiquei doida para conhecer mais profundamente essa história. :D

    bjs

    ResponderExcluir
  13. Um livro e uma série brutalmente importantes. Quem critica, ou não leu/assistiu, ou não entendeu a profundidade da mensagem e do assunto. Excelente resenha do livro. Olha aqui uma resenha da série (mais focada no assunto que no enredo): http://confrariando.com/das-vantagens-de-se-brincar-com-fogo/

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada pela visita e volte sempre <3

Bela Psicose - 2016

Design e Desenvolvimento por Moonly Design / ©