28.4.17

Resenha | Além da Amizade

28.4.17
E-book recebido em parceria com a autora


Anna é uma jovem de 15 anos, ela namora Davi e é melhor amiga do irmão dele, o Natan. Eles são vizinhos e se conhecem há muito tempo. Certo dia, Anna descobre uma traição por parte de Davi e seu mundo cor de rosa começa a ruir. Ela fica muito mal e seus sentimentos ficam bem confusos em relação a Natan.

"[...] Não há nada mais complicado do que recomeçar. Fins são fáceis. Eles chegam de repente e, de uma hora para outra, acabam com tudo aquilo pelo que sempre lutamos para guardar e manter. Aceitar o fim é que é mais complicado. Porque isso significa ter que entrar no desconhecido."

Já começo a resenha dizendo que o livro é bom sim, a protagonista não. Sério, eu simplesmente não consegui gostar da Anna. Se você me segue no Instagram sabe que pelo stories eu comentei sobre isso.



"Não dá pra gente acreditar que nunca vai ser decepcionado ou decepcionar alguém. Faz parte da vida. E viver com medo disso... É praticamente ter medo de viver e de ser feliz, né?"


O livro tem aquele quê dramático porque ele se passa num período da adolescência dos personagens e a autora o escreveu nessa época. Então esperem esse drama aumentado na visão de uma menina de 15 anos, pois a narrativa é na primeira pessoa pelo ponto de vista de Anna. Mas o meu problema maior nem foi esse drama, isso eu já esperava, o que eu não tinha esperado é que a Anna fosse ser absurdamente cega pros próprios erros e achasse que as coisas são culpa dos outros. Em vários momentos da narrativa eu me senti incomodada com o fato de ela não ter o mínimo de maturidade pra assumir as consequências de seus atos. Inclusive na finalização do livro o ponto maturidade é o principal, mas sinceramente, durante a história eu não vi tanto crescimento da nossa protagonista. 

"Quando erramos o caminho, damos chance para novas possibilidades entrarem em nossa vida. [...] Se tu passar a vida inteira triste e arrependida, não vai ter tempo para viver os momentos felizes."


"As coisas boas só têm fim se a gente deixar que elas tenham. Mas se elas acabarem mesmo, é porque para alguns dos lados ela não era tão importante assim."

Os personagens secundários são muito bons, queria ter conhecido mais sobre o Gustavo (poor soul), da Julie (fala as verdades, amo tu), do Davi – que eu desgostei, mas ele cresceu bastante no seu desenvolvimento – e principalmente o Natan. Senti que apesar de ele ser um “principal” suas problemáticas ficaram mais lá pro final e foi em teoria bem rápido.  

"A parte ruim de fazer escolhas é que você nunca sabe qual é a certa ou a que te decepcionará."

O livro é uma tragédia grega adolescente, mas que você quer acompanharapesar de eu não ter me ligado com a Annaa autora criou um enredo bom, e que mostra alguns problemas que a maioria das pessoas na fase dos 14-16 passa. A narrativa tem uma escrita legal, só me incomodou o fato de a Anna utilizar MUITO o termo “amigo” e “melhor amigo” e também as pessoas eram muito tranquilas com as coisas ruins que ela fazia, isso só para de acontecer depois de muitas páginas, me estressou pela situação da história. 
Se você gosta de livros adolescentes, esse é uma boa pedida pra ti. 
"Sinto muito que tuas ações não saibam se igualar às tuas boas intenções, mas é o que dizem, né? De boas intenções o inferno tá cheio."

 Compre o livro físico aqui | E-book

Aproveitem descontos pelo site CupomTerra Cupom Submarino

 

 

15 comentários:

  1. Ola
    Eu não conhecia o título, mas não sei se teria interesse no momento. Já li vários dramas adolescentes e quero ficar um pouco longe dessa ambientação, e pelo que pude perceber a intensidade é ainda maior por conta da autora ter escrito na época de adolescente. Uma pena você não ter se envolvido com a personagem, é muito ruim quando isso acontece né..
    Beijos, F

    ResponderExcluir
  2. Oi! Eu li esse livro ano passado e gostei muito, adorei na verdade. Não concordava com o mimimi da Anna, mas ainda assim, simpatizei com ela. Já tive 16 anos e sei exatamente como são ter que tomar essas decisões, se você não sabe exatamente o que quer pra sua vida.
    Beijo! https://leitoraencantada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Xii Ana,
    Estou com esse livro no kindle e me desanimei agora. rsrsrs
    Recentemente li um livro que os protagonistas não me agradaram, mas as tramas secundárias sim. Então acho que não lerei esse livro por agora.
    Talvez na narrativa falte um pouco de choque de realidade na Anna, a impressão que dar pela sua resenha é que a protagonista faz merda sem receber um retorno. Com certeza isso irá me irritar muito.

    Bj,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
  4. Oi Ana!
    Gostei da indicação, apesar de ficar meio receosa com a personagem... Mesmo assim foi muito bom saber que o enredo em si é bom e envolvente. Drama/romance adolescente é sempre uma caixinha de surpresas, então com certeza vou adiciona-lo a lista de leitura!
    Bjs e até mais!

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. É tão ruim quando a gente não gosta do personagem principal, né? Por mais que a história seja boa acaba desmotivando a leitura =/

    ResponderExcluir
  6. Tô fugindo um pouco de tragedias e de adolescentes, então acho que este livro não é uma boa dica para mim. Mas gostei da sua opinião e vou indicar para as amigas que talvez curtam.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá tudo bem?
    Vidas como a de Anna são a realidade de muitas meninas dessa idade. Legal você citar que a autora escreveu esse livro quando era adolescente, o que dá para imaginar que realmente terá muito drama e crises existenciais, mas o que me deixou relutante em realizar a leitura foi o fato de a protagonista terceirizar a culpa ao invés de assumir os seus próprios erros. Eu as vezes não tenho muita paciência com isso então não sei exatamente se seria uma boa pedida para mim. Contudo, vou deixar anotado aqui, caso eu mude de ideia.
    Adorei a resenha!

    beijinhos!

    ResponderExcluir
  8. Oie! Tudo bem?

    Já vi esse livro em outro blog, mas não consegui sentir vontade de realizar a leitura dele! Faltou alguma coisa na proposta da obra que despertasse meu interesse, e odeio personagens chatas e aparentemente a Anna é! kkk

    Bjss

    ResponderExcluir
  9. Oi.
    Eu leio e até gosto de livros que trazem adolescentes como personagens principais. Mas gosto quando tem algo mais, um drama, um suspense, fantasia... Quando a história gira em torno daquele drama típico da adolescência, eu já não gosto muito. E outra coisa que pegou para mim foi a forma como vocês descreveu a personagem principal. Eu também teria dificuldades de me identificar com ela e isso provavelmente faria com que a leitura não fosse tão boa pra mim.
    Por isso eu passo a dica dessa vez.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Oi! Achei a proposta do livro um pouco fraquinha, e não me empolgou muito a querer ler.
    Não que não goste de livros de/para adolescentes, só que realmente não me despertou o interesse. Mas obrigada pela dica! :* Adorei sua resenha!

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Adorei isso: "O livro é uma tragédia grega adolescente, mas que você quer acompanhar". Estou com meu exemplar em casa para ler e gosto muito da premissa, acho que ela vai me agradar apesar das fragilidades.
    É uma pena que você não tenha se apegado com a Anna, me sinto muito triste quando isso acontece e espero não me sentir assim quando ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oi Ana,
    Vi esse livro pela Amazon, tinha até vontade de saber mais sobre a história é sua resenha vaio para isso. Confesso que não fiquei animada com a leitura. Acho muito difícil eu gostar de um livro em que a personagem principal não convence e ainda ter todo o livro pela sua perspectiva. Parabéns pela resenha.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bem??

    Eu A M O livros adolescentes e sempre amei muito essa capa, por isso acho que eu aproveitaria muito a leitura. A única coisa que me deixou com receio foi o fato de que a personagem não demonstrou muito crescimento no decorrer da história... Se isso tivesse acontecido, talvez ela tivesse te conquistado hehehe
    Mas mesmo assim espero ter a oportunidade de ler em breve! Achei legal a autora ter escrito nessa época da vida

    XOXO
    umnovo-roteiro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Oiee Ana ^^
    Eu quase odeio livros adolescentes, então não é para mim...haha' não tenho paciência para dramas adolescentes, e como todas já fomos um dia, sabemos como adolescentes podem ser dramáticas, né? Saber que a protagonista acha que tudo é culpa dos outros e não tem maturidade para aceitar seus erros me deixou ainda mais certa de que não é para mim.
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  15. Oiii

    Nunca tinha ouvida falar desse livro, mas de cara já sei que não vai me agradar. Sempre me irrito quando a protagonista é chata, parece que me torno muito mais critica. Mas pelo fato da protagonista ser tão novinha acho que sá pra entender algumas das suas atitudes, e ainda mais por ela passar por uma experiencia dessa sendo tão jovem. Enfim, não leria a estória poi é um assunto que já não me agrada, mas ainda ter a visão de uma adolescente sobre isso torna ainda pior hhahah

    Bjão
    http://rillismo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada pela visita e volte sempre <3

Bela Psicose - 2016

Design e Desenvolvimento por Moonly Design / ©