4.12.17

Resenha | Do Outro Lado

4.12.17
Recebido em parceria com a Editora Rocco


Evie Snow morreu durante o sono aos 82 com seu marido Jim, e seus filhos August e Isla ao seu lado. Quando ela chega no que seria “após a morte” percebe que está de novo com 27 anos, no seu céu particular, o apartamento número 72. Mas a porta não abre. Ela descobre com a ajuda de Lieffe que sua alma está pesada demais para fazer a travessia e para deixá-la leve, Evie precisa encarar o próprio passado e revelar segredos há muito escondidos. 

Evie saiu da casa dos pais ricos e tradicionais com 27 anos e tentou carreira como ilustradora. Sua mãe lhe deu um prazo de um ano para virar alguma coisa, se não, teria de voltar para a casa e ter um casamento arranjado.

 

Os três segredos envolvem a mesma pessoa, Vincent que ela conheceu justamente na ida ao novo emprego numa estação de metrô enquanto ele tocava violino apaixonadamente. Os dois tiveram um romance intenso e Evie descobriu o que era amar de verdade. Mas ela foi atingida pela realidade de que a mãe venceria.


Evie é Vincent são separados.

Ela se casa com Jim – seu melhor amigo que sempre fora apaixonado por ela – e eles vivem da melhor forma possível, ele sabendo tudo sobre sua vida anterior ao casamento. Mas quando Evie se vê na sala de espera da vida pós a morte, ela nota que existem outras pessoas que precisam saber seus segredos e são esses segredos que vamos descobrir na leitura.




Do outro lado é uma história sem dúvidas muito emocionante, me apeguei a história, mas apesar disso tudo, achei ela em vários momentos irreal demais. Tem uma cena da Evie num jardim plantando uma coisa absurdamente impossível e nada metafórica. Evie com certeza é uma personagem doce e facilmente cativante, em alguns momentos da narrativa a achei egoísta, mas fui eu, logo ela se mostra altruísta. Inclusive demais. 

"Quando uma pessoa vê você, ela vê quem você é, do que realmente é feita. Ela vê mais do que está diante dos olhos. Ela quer descobrir mais." - p. 49

A narrativa é feita na terceira pessoa, o que ajuda na construção da história que tem alguns pontos de vista. Vincent e Jim foram personagens que me encantaram em como foram compreensivos, em todo momento, com Evie. Não sei se teria a mesma postura que eles, principalmente, Jim.



Do outro lado é quase uma fantasia, mas rotulado como romance, muito reflexivo mostrando como as nossas escolhas refletem quem nós somos. Como disse anteriormente, a história é muito boa, de escrita leve e rapidamente lida, a carga emocional vai lá em cima e me vi chorando em várias cenas. Mas mesmo assim, nas partes de Evie viva, achei os diálogos e alguns acontecimentos muito irreais para a atualidade. Eu recomendo sim a leitura, e acho que a autora criou um ponto de vista do “pós a morte” muito doce e sensível.


"Existem momentos na vida em que duas pessoas que querem se falar deixam de fazer isso por nenhum motivo além de cada uma ter medo de a outra pessoa não querer falar com ela." - p. 107



12 comentários:

  1. Olá, tudo bem? Como eu não conhecia esta obra ainda??? Que estória mais incrível!!! Adorei tua resenha e fiquei doida de vontade de ler o livro agora, hahah.

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  2. Apesar de ter dito sobre as coisas muito irreais, e esse fator costuma me afastar da leitura, eu fiquei muito interessada em conhecer o livro e a história, parece ser tratada de uma forma doce. Dica anotada!

    ResponderExcluir
  3. Oi tudo bem?
    Me parece ser mesmo uma história muito emocionante! Adoro livros que contam sobre reencontros.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Estou de olho nesse livro desde o seu lançamento. Achei a premissa muito diferente e quis ver como a autora trabalhava a história. Apesar de você ter dito que em alguns momentos parece bem irreal, ainda assim fiquei curiosa.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  5. Olá
    Gostei da dica, vou anotar a dica para uma leitura no futuri, apesar do seu ponto negativo na história , não vejo ser algo que desanime a ler, só acho que esse assunto tem o momento certo para ler. Bjus
    Jis Rocha
    Blog Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  6. Eu ainda não conhecia esse livro e já me interessei muito pela premissa dela. Achei a capa linda e as tuas fotos ficaram ótimas. Parece ser uma ótima leitura e fiquei muito curiosa.

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem?
    Eu não conhecia a história mas me interessei muito por ela através da sua resenha, adoro livros que tratam mais do plano astral, que cuidam do espírito da personagem, com certeza irei gostar da leitura.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem?

    Já tinha visto uma resenha desse livro e fiquei curiosa com a leitura. Agora lendo sua resenha, essa curiosidade só aumentou. Mesmo com suas ressalvas, estou anotando a dica!

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Eu estou, muito curiosa para ler esse livro é a segunda resenha dele que eu leio e a capa é linda e a historia parece facinante

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Que capa mais linda. Se fosse julgar sem ler, certamente compraria.
    Gostei também da premissa e quero conferir essa fantasia com uma boa dose de romance, fiquei curiosa com esse reflexivo.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  11. Ola Ana,
    Que pena que o livro não te agradou como um todo, porém achei interessante a premissa esse esquema do que existe do lado de lá sempre chama atenção. Uma pena alguma cenas serem irreais demais e não sei se gostaria muito da protagonista pelo que você comentou, mas achei a dica interessante.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Olá, ainda não conhecia esse livro. Achei a premissa com isso de a personagem ter que revelar seus segredos depois de morta muito interessante e original. Mas não sei se é uma leitura que eu faria no momento.

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada pela visita e volte sempre <3

Bela Psicose - 2016

Design e Desenvolvimento por Moonly Design / ©