2.2.18

Resenha | O Verão da Minha Vida

recebido em parceria com a harper collins


O Verão que Mudou Minha Vida faz parte da coleção Escolha o Seu Felizes para Sempre da Harper Collins. A ideia da coleção é fazer livros interativos, onde o leitor escolhe as ações que serão tomadas pelos personagens das histórias.

No primeiro volume da coleção, temos Frankie, uma garota de 14 anos que está no seu último dia de aula, muito afim de Tom. Ela quer conseguir o número dele para não ficar sozinha durante as férias com o seu violão. E de quebra ganhar um namorado.

Mas digamos que isso não dá muito certo. Só que logo aparecem duas ofertas, uma partindo da mãe de ir para Londres com ela, onde ela iria rever Jack, um antigo crush e a outra de seu pai, para irem a Praia (ele, ela e a nova namorada do pai). A partir daqui começa a participação do leitor escolhendo o que Frankie deve fazer.









Eu escolhi a viagem para Londres, onde ela reencontra Jack. Passei os olhos na parte da praia, mas não posso dar muita opinião, então, eu vou falar do geral.

A ideia da interatividade é bem legal, achei divertido ter o poder de escolher o que a personagem faz. Isso fez eu me sentir presa a narrativa que é feita na primeira pessoa. O meu grande problema com a interação é que eu senti que a história ficou superficial. É muito difícil ter um aprofundamento dos personagens e do que tá acontecendo ali com eles. Acaba sendo tudo muito rápido, sem valorizar os personagens que tão presentes no que está sendo contado. 

Parte da superficialidade pode ser dada pro fato da história ser bem infanto juvenil, dada a idade da personagem principal. É uma menina tentando lidar com as paixonites (que aparecem a metro) e tentando escolher qual ela quer (no caso, é o leitor que escolhe).

Não é uma leitura ruim, mas também não espere uma grande história. É algo pra ler ali em uma sentada, em uma hora ou duas. É um livro legal pra se livrar de uma ressaca literária. Minha nota levou em consideração que a autora podia ter dado um jeitinho de deixar a história mais aprofundada, ter utilizado melhor os personagens que ela inseriu na história. Boa ideia, execução meio precipitada.

se você compra por esse link eu ganho uma pequena comissão que ajuda o Bela Psicose a crescer



4 comentários:

  1. Oi Ana! Eu nunca havia ouvido falar de um livro assim interativo, fiquei interessada pois como vc disse, é bem superficial e levinho, às vezes é só isso mesmo que eu preciso kkkkkkkk amei demais tua resenha. Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Oi Gabi, tu acredita que ainda não tinha me dado conta que este livro era o da coleção em que os leitores escolhiam o desfecho dos personagens? haahahah Nossa em que mundo to vivendo! Anyway, bateu aquela curiosidade em conhecer a dinâmica deste livro e conferir se eu aprovo ou não!

    Beijos Joi

    ResponderExcluir
  3. Já imaginava que não era uma história arrebatadora... é aquele tipo de livro para lermos em uma ressaca literária né?!!

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  4. Sabe do que me lembrei? Daqueles aplicativos com a mesma proposta, sabe? Inclusive adoro haiuhauhauiha.. Mas achei limitada as escolhas nesse livro, apesar da ideia ser bem legal =/

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada pela visita e volte sempre <3

Bela Psicose • 2014 - 2018 Feito com ♥ por Lariz Santana