13.3.18

Resenha | A Mulher na Janela

Recebido em parceria com a Editora Arqueiro

Quase um mês depois, cá estou eu de volta com o blog. O alcance das postagens tem me desanimado muito, mas eu gosto muito da plataforma do blog, então irei continuar. Pra dar um up, o Bela Psicose está de carinha nova e mais uma vez a responsável foi a Lariz, e aqui você pode conhecer mais do trabalho dessa linda <3. Espero que vocês gostem tanto quanto eu!

Sem mais delongas, vamos a resenha!

Eu literalmente acabei de ler esse livro e I AM SHOCKED. Uma leitura que fugiu de tudo que eu esperava e teorizava.

amo tenth

Anna Fox é uma mulher que tem agorafobia, ela hoje, mora sozinha na grande casa que antes abrigava a sua família, o marido Ed e a filha Livvy, mas depois de um determinado evento, eles acabam se separando e ela se rende a ficar trancada. Um dos passatempos de Anna é observar os seus vizinhos da janela de sua casa e claro, beber (muito) um bom vinho Merlot. Além disso, ela costuma assistir a filmes antigos, jogar xadrez online, falar com o marido e com a filha e visitar um site online chamado Ágora no qual ela usando sua profissão - Psicóloga - tenta ajudar outras pessoas na situação dessa fobia que a mantém em casa.

Num dos dias que ela está stalkeando a vizinhança, ela conhece os novos vizinhos da casa ao lado, os Russells. Ela começa a observá-los, já que são a fotografia da família perfeita. Anna acaba conhecendo o filho do casal, Ethan e percebe alguns traços na personalidade do menino que a fazem questionar essa percepção de família perfeita. É nisso que ela intensifica suas observações da casa ao lado, tudo pela sua janela e com a Nikon D5500 em mãos.

"Tenho a sensação de que a loucura veio me libertar. Estremeço." - p. 282








Em determinado dia do mês de novembro, ela é testemunha de uma cena horrível na casa dos Russel. Ela tenta avisar a alguém que a escute que algo muito errado está acontecendo naquela casa, mas ninguém acredita em uma mulher que bebe muito, toma remédios fortes e que tem agorafobia.

"Não é paranoia se realmente está acontecendo."

O livro traz uma narrativa na primeira pessoa pelo ponto de vista de Anna, e é simplesmente a melhor investida que o autor poderia ter feito. Uma narradora não confiável. Toda a história é construída de forma a confundir o leitor, e a nos colocar em um labirinto cheio de perguntas, mas com poucas respostas. 


O autor teve uma habilidade incrível em manter o fim para o final, digo isso porque muitos autores acabam deixando escapar em algumas frases o que vai acontecer na finalização. Mas isso não acontece aqui. Tudo que acontece, os remédios que Anna mistura com o vinho, as percepções que são nubladas pelos efeitos dessa mistura, a instabilidade emocional são usados de maneira a manter o leitor preso pra descobrir junto com Anna qual é a verdade.




Será que realmente tudo o que Anna viu aconteceu? Os personagens secundários são inseridos na história pra desacreditarem a nossa protagonista, e fazem isso com excelência. Esse é um thriller psicológico que faz jus ao gênero e o autor tá de parabéns por transformar o livro no próprio clímax. Toda a narrativa é intensa e prende o leitor. A reviravolta que não é reviravolta, mas depois vira uma reviravolta me pegou de surpresa e UAU. 

"O mundo pode ser um lugar bonito. Não se esqueça disso. E não abra mão dele." - p. 82

A Mulher na Janela se tornou um livro favoritado e pulou minha pilha de leituras inteira. Ele chegou aqui no sábado, na segunda-feira (ontem) eu já tinha iniciado e hoje, um dia depois, já estou aqui escrevendo a resenha.

Então, leiam esse livro.

E descubram se a paranoia é real ou não. Seja enganado, fique confuso.

"Se tem uma coisa que eu aprendi na minha experiência clínica com crianças e adolescentes é que eles são extraordinariamente resilientes. [...] São capazes de enfrentar situações nas quais os pais desabariam feito um castelo de cartas." - p. 321
http://amzn.to/2Fykxta
 se você compra nesse link eu ganho uma pequena comissão e isso ajuda o Bela Psicose a crescer :)
 


18 comentários:

  1. Me deu uma vibe da garota do trem! Vou colocar essa na lista, pelo jeito que você descreveu, parece ser bom demais!

    ResponderExcluir
  2. Ainda não tinha ouvido falar desse livro, mas já adorei a premissa! Também gosto de narradores duvidosos porque eles aguçam ainda mais nossa percepção da trama! Já vou anotar a dica.
    Quando ao blog, não desista! Se é algo que você gosta de fazer, faça, não fique se preocupando com alcance, faça por você <3
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Que história eletrizante!
    Não sou muito de ler thriller psicológico, mas ano passado li Até Você Ser Minha e fiquei com a ideia na cabeça de que precisava me aventurar em mais histórias como aquela. Acabei deixando passar, mas quero ler mais livros assim, desses que deixam o leitor apreensivo, confuso e curioso. Na verdade preciso de mais livros assim nas minhas leituras. Espero conseguir ler esse logo e saber se a protagonista está enlouquecendo ou não!

    www.sonhandoatravesdepalavras.com.br

    ResponderExcluir
  4. Eita que comi bola e perdi a promoção na saraiva para comprar esse livro.
    Desde que vi a editora fazendo a divulgação do lançamento, fiquei curiosa hahaha
    Espero consegui ler em breve.

    Beijos
    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  5. Olá!

    Esse livro está na minha lista de desejados desde que li sua resenha, em seu lançamento. Não tinha lido nenhuma resenha dele ainda, por isso, não tinha muita ideia do que se tratava, mas adorei conhecer um pouco mais. Estou ansiosa para ter um exemplar desse em mãos, pois já fiquei curiosa.

    Abraços

    ResponderExcluir
  6. Oi, Ana, tudo bem? Saudade de vir aqui, aliás <3 Eu também tenho percebido que o alcance das minhas postagens estão bem ruins :c
    Sobre o livro, eu não o conhecia, mas gostei muito do fato de lidar com questões psicológicas. Dificilmente leio thrillers, porque eles me angustiam demais, mas fiquei muito a fim de ler este. A edição parece linda! Obrigada pela dica! :)

    Love, Nina.
    www.ninaeuma.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Olá Ana, como vai?
    Esse livro não conhecia esse livro ainda, mas, ele parece ser muito interessante e me lembrou muito A Garota no Trem, espero que seja melhor do que ele.
    Gosto de Thriller e histórias de suspense.

    Beijos e Abraços VIVI
    http://vickyalmeida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Menina, nem me fale em alcance de postagem, só por amor mesmo. Parabéns pelo novo layout, ficou lindão.
    Eu quero muito ler esse livro e descobrir o que Anna viu na casa dos vizinhos e será que o que ela viu é real mesmo. Quero muito ler.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Eu estou extremamente necessitada desse livro!!! Esse é o meu gênero literário preferido e fiquei mega curiosa com a premissa desse, adorei a sua resenha e poder conhecer um pouco mais, só que fiquei ainda mais curiosa.

    ResponderExcluir
  10. Quando vi o lançamento deste livro já coloquei ele na lista de desejados, e pelo visto, naõ errei. Ótimo mesmo quando o autor prende o leitor com seus suspenses até o fim.
    Bjs, rose.

    ResponderExcluir
  11. Confesso que pela sinopse eu não esperaria muita coisa da obra não kkk. Mas lendo sua resenha eu realmente fiquei curiosa, mas é engraçado né o quanto mulheres são qualificadas e desqualificadas por qualquer coisinha, no caso dela por beber.

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Ahh que difícil. Confesso que pulei a leitura da sua resenha porque estou no primeiro capítulo desse livro e não quero pegar nenhum spoiler da trama.
    Sou fã de suspense e estou com altas expectativas sobre essa história.
    A capa é intrigante e está muito caprichada.
    Beijos!

    Camila de Moraes.

    ResponderExcluir
  13. Oi Ana
    Não desanima não! O blog ficou ainda mais lindo! Adorei a carinha nova dele
    Muito bacana sua resenha
    Não li este livro ainda e na hora pensei na Garota no Trem.
    Gostei da sinopse. Dica anotada
    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Olá
    Eu estou tão ansiosa para ler esse livro que estou lendo as resenhas sobre ele roendo as unhas, para ver o que as pessoa estão achando sobre ele. A premissa dele me agradou desde o primeiro momento, quero muito ter ele em fisico pois achei a capa muito linda. Que bom além de tudo você gostou muito da leitura, e até favorito. Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  15. Eu quero muito ler esse livro, ainda mais depois da sua resenha. Estou super curiosa para descobrir o que a personagem viu na casa dos vizinhos, e se foi real ou não.

    ResponderExcluir
  16. Oi Ana Gabriela! Tudo bem? Já tinha lido outra resenha desse livro, ele já está na minha lista desde então. Super curiosa. Beijos

    Nara Dias
    www.viagensdepapel.com

    ResponderExcluir
  17. Gente, que genial! Amo thrillers psicológicos e essa história parece ser bem intensa, ainda mais pelo leitor ficar desconfiado sobre o que a personagem principal está vendo, se é real ou tudo da sua cabeça. Adorei a sua resenha, espero conferir essa história um dia e desvendar esse mistério haha. Bjss!

    ResponderExcluir
  18. Olá!

    Eu adorei sua resenha, talvez o livro não entraria na minha wishlist agora, mas acho que vale a pena guardar a dica com carinho.

    Beijos!

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada pela visita e volte sempre <3

Bela Psicose • 2014 - 2018 Feito com ♥ por Lariz Santana